quarta-feira, fevereiro 07, 2007

il barbieri di siviglia numa divertida compilação

a conversa começa em mozart, falávamos de concertos para piano, especificamente dos números 21 e 24. num dado momento, o paralelo com rossini torna-se inevitável: quando o assunto migra para o mundo da ópera.

grande e declarado admirador de mozart, o italiano rossini chegou a ser carinhosamente apelidado, por conta desta veneração, de il todeschino ("o alemãozinho"). importante compositor do gênero, rossini escreveu mais de 30 belíssimas óperas, dentre elas, sua mais famosa: Il barbiere di Siviglia, que conta ainda com a que é considerada a melhor abertura de ópera já escrita, não por acaso, composta ao estilo de... mozart! :)

junte-se um tema interessantíssimo e uma leitora curiosa, e após um rápido passeio, compilei um pequeno acervo de preciosidades para compartilhar com quem quiser se aventurar...

para começar. apreciar uma obra passa primeiramente pelo estágio de conhecê-la. então a recomendação é ler o enredo do barbeiro de sevilha.

para ouvir. o barbeiro é uma ópera tão popular que um grande número de suas árias é cantarolada e conhecida de muitos. algumas gravações com belíssimas vozes - incluindo a conhecidíssima ária de Fígaro - para vocês aqui:
  • Largo al factotum (ária de Fígaro, 1° ato) tito gobbi, film, 1946
  • Una voce poco fa... lo sono docile (ária de Rosina, 1º ato)
    maria callas, hamburg, 1959
    cecilia bartoli, concert at the savoy hotel, piano: georg fischer
  • Dunque io son (dueto: Figaro e Rosina, 2º ato) maria callas e tito gobbi, phillharmonia orchestra, conductor alceo galliera, 1958
para se divertir. a popularidade é tanta que felizmente temos abordagens da ópera para virtualmente todos os gostos... alguns exemplares interessantes:
  • um filme de natalia dabizha (cartoon)
    part 1, part 2, part 3 (in english)
    figaro: donald maxwell; almaviva: peter bronder; rosina: patricia bardon; dr. bartolo: andrew shore; d. basilio: john connell; berta: christine teare.
    orquestra: the welsh national opera orchestra
    condutor: gareth jones
  • o episódio mais célebre do pica-pau em o barbeiro de sevilla (em português)
Divirtam-se! :)

2 comentários:

Leonardo Martinelli disse...

Olá caríssima. Muito interessante este post. Mudando de assunto, aderiu ao "Música para os olhos" você também? rs. Beijos.

sheilinha disse...

Hehehe... diria que não exatamente... é interessante, mas digamos que não "convenceu" a mente engenheira da menina... :)